22 de jan de 2013

Reprovado pela panelinha!



Desde o inicio dos tempos a sociedade humana tenta de varias maneiras fazer uma classificação para o surgimento de diferença entre os membros da mesma.  Começou com a divisão de classes que gerou conflito entre ricos e pobres. Um exemplo disso nós vimos no filme Titanic em que o navio foi projeto para três classes e a ultima era a que recebia tratamento inferior. Isso ocorreu em 1912 e resultado nós sabemos que foram 1200 mortos independentes de seu nível social. Depois tiveram a idéia com os países os classificando-os com mundos sociais. Primeiro mundo, segundo mundo e terceiro mundo. Isso acabou com o surgimento da globalização mundial, mas a idéia de divisão social entre posses nunca mudou. Agora se divide em classes de A até E (A alta e E extrema pobreza). Nos tempos de Jerusalém os pobres não tinham acesso às dependências do templo e nem a escola sacerdotal. Somente os ricos eram privilegiados. Jesus então começou a ensinar o povo pobre através de parábolas para confundir a nobreza da época e colocando em condição de igualdade ricos e pobres, mostrando que para Deus todos são co-herdeiros em Cristo. Mas infelizmente na igreja primitiva copiou do secularismo um sistema de relacionamento nocivo a igreja que conhecemos nos dias atuais como “panelinha”. Em 1 Coríntios o apostolo Paulo repreendeu a igreja local por causa de pequenas panelinhas que estavam surgindo. Um era do grupo de Paulo, outro de Apolo, outro de Pedro e outro de Jesus, sendo este ultimo o pior de todos porque não obedecia a ninguém. Segundo o dicionário Aurélio, o termo panelinha significa um pequeno grupo que é criado para dividir vantagens entre si.  Nós vemos em nossos dias atuais em que eventos, acontecimentos e outros afins ficam para um determinado grupo enquanto outro fica de fora. Geralmente ocorre quando há alguém com popularidade em alta na igreja e todos querem fazer parte daquele circulo fechado de amizade, onde só entram pessoas do nível dela.  O que deixa mais triste é quando acontece no meio ministerial. Exemplo: Tem um aniversário de um departamento e quando termina tem aquele jantar ou um coquetel e daí acontece a divisão, membros para um lado e pastores em um local reservado com pessoas do grupo (ou melhor da panelinha).

A bíblia condena a panelinha.

Em salmos 133.1 A palavra de Deus já nos exorta a vivermos em união e não em divisão em um mesmo espaço. A comunhão fraternal é um dos elementos primordiais para solidificação social da igreja. Eventos na igreja em que todos participem e comam da mesma mesa sem separação eclesiástica (Glorias a Deus que ainda existem igrejas onde pastores participam e comem da mesma mesa das ovelhas). Assim era como se fazia no surgimento da igreja primitiva em que todos oravam e partiam pão juntos (Atos 2.42,44) e não em panelinhas. Paulo imediatamente exortou aos corintianos (habitantes de Corinto e não da torcida do Corinthians)  a viverem unidos no mesmo propósito e pensamento e sem panelinhas e dissensões (1 coríntios 1.10). Ora se o céu será o mesmo pra todos, então pra que esse negocio de grupinho de A ou B dentro das igrejas em nosso Brasil? Devemos sim estarmos unidos em oração, comunhão e socialmente e que Cristo venha ser o mais popular e exaltado de todos dentro de sua igreja.

Por Cleyton Fiuza.

3 comentários:

  1. A divisão é um ato do ser humano natural... Nos relacionamos mais com quem temos mais interesses em comum, mas quando essa divisão é feita a partir de classe social, cor, aparência, etc... passa a ser nocivo em qualquer tipo de sociedade... Principalmente na igreja.
    Triste realidade :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Nessyta realmente é uma realidade triste em vermos em nosso meio grupinhos se formando dentro da casa do Senhor mas creio que um dia isso acabará. Agradeço o comentário. :D

      Excluir
  2. Infelismente existe esse acontecimento nas igrejas de Cristo, quando se na verdade é para suportar uns aos outros. A igreja está precisando acolher e não espalhar e esse negócio de panelinha eu também não sou a favor!

    ResponderExcluir

Contagem regressiva para o cinquentenário da AD Bela Vista

O CONTADOR REFERE-SE A DATA DE FUNDAÇÃO E NÃO O DIA DA COMEMORAÇÃO QUE SERÁ EM NOVEMBRO DE 2013.

Coral Maranatha